Atendimento Vanguarda

A Vanguarda possui um atendimento via Facebook, Instagram e WhatsApp em todas as nossas lojas onde você pode pedir informações de livros, reservar e efetuar o pagamento sem sair de casa  📖

Entre em contato conosco e aproveite para colocar as leituras em dia, os livros levam luz para os lares e as mentes! 📲

Agende a sua ENTREGA PROGRAMADA !

Pelotas ⬇

Centro Pelotas – WhatsApp (53) 3027.1234
Atendimento virtual:
Segunda a sexta das 9h às 18h
Atendimento loja física:
Segunda a sábado das 10h às 16h
Gonçalves Chaves, 374

Shopping Pelotas – WhatsApp (53) 3026.4545
Atendimento loja física:
Segunda a sábado das 11h às 19h
Avenida Ferreira Viana, 1526

Rio Grande ⬇

Centro Rio Grande
– WhatsApp (53) 2125.1234
Atendimento virtual:
Segunda a sexta das 9h às 18h
Loja física temporariamente FECHADA.

Rua General Neto, 392

Partage Shopping – WhatsApp (53) 9103.7138
Atendimento via WhatsApp
Loja física temporariamente FECHADA.
Avenida Engenheira Lúcia Maria Balbela Chiesa, 2896

SAC – WhatsApp (53) 3027.9215
Atendimento virtual:
Segunda a sexta das 8h às 18h.

* Horários sujeitos a alterações

Indicações para ler mais mulheres em 2020

Por @resenhinhas

Nós sempre pensamos em “O que falar no Dia da Mulher?” Não é um dia de comemoração, não é de celebrar, mas de refletir. Temos certeza que seu feed está cheio de publicações sobre esta data e, por isso, nos perguntamos como falar sobre isso de uma maneira que não seja só mais um post.

Decidimos então fazer um post de indicação de autoras. Mas pedimos licença para Clarice Lispector, J.K. Rowling, Agatha Christie e outras consagradas para falar de nomes que, por mais que estejam fazendo sucesso, ainda têm potencial (em nossa humilde opinião) de chegar muito mais longe. Não queremos diminuir as rainhas, mas temos certeza que existem muitas mulheres que também podem se tornar nomes que superam o tempo. E elas também merecem espaço.

Junto com essa ideia, fica o nosso questionamento: o quanto você se permite conhecer novas autoras, mulheres contemporâneas fora do cânone que estão produzindo obras enquanto nós falamos? A gente não é exemplo disso, ainda temos muito o que explorar, mas com certeza é um “esforço” – entre aspas mesmo, porque é muito prazeroso – que fazemos conscientemente.

Provavelmente você já viu a gente falar da maioria desses títulos, mas é porque apenas indicamos o que já lemos.

Livros de ficção

Becky Chambers

Resultado de imagem para Becky Chambers

Livro que indicamos: A Longa Viagem a Um Pequeno Planeta Hostil

Sabe aquelas ficções científicas cheias de explosões altamente sonoras no espaço sideral? Isso não tem nada a ver com a Becky Chambers, uma autora que explora galáxias de um jeito bastante intimista. A obra que estamos recomendando pra vocês — A Longa Viagem a Um Pequeno Planeta Hostil — é uma ficção científica que fala sobre a relação entre seres de espécies diferentes. Em vez de grandes guerras e sabres iluminados, a obra fala sobre conflitos entre culturas e dificuldades cotidianas da vida no espaço. Como seria a vida se a espécie humana fosse apenas mais uma entre várias espécies inteligentes? Uma inteligência artificial que pensa como humanos é uma forma de vida? Se essas perguntas te empolgam, vai de Becky Chambers. Um fato curioso: esse livro foi publicado graças a um financiamento coletivo. Legal, né? 😊

Harper Lee

Resultado de imagem para Harper Lee

Livro que indicamos: O Sol é Para Todos

Esse aqui é um daqueles livros que ficam marcados pra sempre na memória. O Sol é Para Todos fala sobre o racismo estrutural do sul dos Estados Unidos a partir da visão de Scout, uma criança pequena. O pai dela, Atticus Finch, é advogado e está defendendo um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca. Como é possível imaginar, isso traz dificuldades para a família Finch. Além do mérito literário e social, a Harper consegue tratar de temas pesadíssimos com uma eficiência cirúrgica. Sob o olhar sem filtros de Scout, os costumes cruéis dos adultos aparecem como aquilo que realmente são: cruéis e sem sentido. Entre diversas passagens marcantes, essa aqui é uma das mais bonitas: “Queria que você a conhecesse um pouco, soubesse o que é verdadeira coragem, em vez de pensar que coragem é um homem com uma arma na mão. Coragem é fazer uma coisa mesmo estando derrotado antes de começar. E mesmo assim ir até o fim, apesar de tudo.”

Sally Rooney 

Resultado de imagem para Sally Rooney

Livro que indicamos: Pessoas Normais

Já chega de livros que falam sobre casais jovens, certo? Errado! A irlandesa Sally Rooney escreve sobre relacionamentos entre jovens de um jeito muito diferente do que você pode estar acostumado. Em Pessoas Normais, acompanhamos as vidas de Connell e Marianne, duas pessoas que relutam em admitir que gostam uma da outra. Até aí nada de muito diferente de vários romances teen. A diferença aparece na profundidade psicológica dos personagens, que vêem suas vidas mudarem completamente quando saem do ensino médio para a faculdade. Só pra dar um gostinho extra, dá uma olhada nesse trecho do Connell descrevendo como se sente quando está com a Marianne: “Estar sozinho com ela é como abrir uma porta para fora da vida normal e fechá-la depois de passar.” Profundo, hein?

Gillian Flynn

Resultado de imagem para Gillian Flynn

Livro que indicamos: Objetos Cortantes

Camille Preaker é uma repórter de Chicago que volta para a cidade minúscula onde nasceu para cobrir a morte de uma menina e o desaparecimento de outra. A partir desse enredo, Gillian Flynn constrói uma narrativa que não perde o ritmo em nenhum momento (talvez por possuir muitos diálogos e poucas descrições). Enquanto investiga quem está por trás dos crimes em sua cidade natal, Camille precisa confrontar velhas feridas do passado — e essas feridas não são apenas emocionais… Essa leitura é imperdível pra quem ama um bom suspense. Os personagens são tão sólidos e a história tão convincente que a HBO produziu uma minissérie homônima. Fica a dica: vale a pena assistir e ler Objetos Cortantes!

Toni Morrison 

Resultado de imagem para Toni Morrison

Livro que indicamos: O Olho Mais Azul

Como meninas negras podem se sentir bonitas em um mundo que lhes diz a todo momento que elas não estão dentro do padrão de beleza? Esse é apenas um dos questionamentos que Toni Morrison usou para falar da agressividade do racismo estrutural. A autora conta com os olhos de diferentes personagens sobre silenciamento, agressões, privações, descaso e outras violências que acabam condicionando diversas vidas, até atingir Pecola, a jovem e inocente protagonista que tudo que quer é ter olhos azuis para finalmente se sentir bonita. Avisamos: é um livro bem forte. Algumas cenas são pesadas demais e são o motivo pelo qual o livro teve uma recepção bem controversa.

Chimamanda Ngozi Adichie 

Resultado de imagem para Chimamanda Ngozi Adichie

Livro que indicamos: Hibisco Roxo

Chimamanda tem sido um nome de grande sucesso e isso não é à toa. Neste livro, vemos como a autora tem um estilo único, em que consegue transmitir sentimentos dos personagens para o leitor, criando não apenas empatia, mas a sensação de que estamos vivendo aquilo também. Ao trazer como cenário a Nigéria, ela também fala com maestria sobre conflitos políticos, religiosos, colonização na África e os efeitos que a situação econômica de um país inteiro pode ter sobre a vida de cada cidadão. É uma leitura muito bacana para conhecermos nem que seja um pouquinho de outras culturas e realidades!

Elena Ferrante 

Nossa indicação: Saga Napolitana (4 livros)

Apesar da identidade da autora se manter um mistério, não podíamos deixar de indicar uma série que consegue abordar com tanta verdade a complexidade única da relação de melhores amigas de infância. Acompanhamos em cada um dos quatro livros as diferentes fases das vidas de Lenu e Lila, amigas que despertam uma na outra raiva, competição, carinho, ciúmes, dúvidas, antipatia e diversos outros sentimentos conflitantes. É uma jornada intimista e que reflete com honestidade as nuances do nosso diálogo interior. O primeiro volume é mais parado, mas prometemos que a partir do segundo fica bem melhor!

Octavia Butler 

Resultado de imagem para Octavia Butler

Livro que indicamos: Kindred

Uma autora que usa ficção científica como pano de fundo para falar de preconceitos, desigualdades, falta de empatia e medo das diferenças. O que mais dá pra falar? Octavia foi uma grande autora que conseguiu fazer todas essas críticas de maneira clara e ainda te envolver com uma história surpreendente que mistura elementos mágicos com situações com as quais podemos nos relacionar. Em Kindred, acompanhamos Dana, mulher negra que vive no século XX, ser transportada misteriosamente para o passado com a missão de salvar um pequeno menino que está se afogando. O problema? Dana caiu em uma Maryland escravagista do século XIX, e o menino tem uma forte relação com sua história. Como ela fará para sobreviver? Deixamos essa pergunta para você descobrir na leitura! 

Livros de não ficção

Rebecca Solnit 

Resultado de imagem para Rebecca Solnit

Livro que indicamos:Os Homens Explicam Tudo para Mim

Com alguns ensaios rápidos, Rebecca Solnit nos coloca para refletir sobre todas as maneiras em que a opressão masculina se faz presente no nosso dia a dia enquanto conta histórias de sua vida, matérias que leu ou apenas reflete sobre a cultura ocidental enquanto mostra dados assustadores divulgados nos últimos anos. De maneira irônica, revoltada e objetiva, ela consegue traçar claramente como de um “inofensivo” comentário até as taxas de feminicídio no mundo todo, o machismo permeia nossas existências.

Angela Saini

Resultado de imagem para Angela Saini

Livro que indicamos: Inferior é o Car*lho

A ciência é uma das ferramentas mais poderosas que a humanidade já criou, mas isso não significa que ela não possa ser usada para reforçar estereótipos culturais. Esse é o norte que Angela Saini adotou ao escrever Inferior é o Caralho, um livro que mostra como pesquisas feitas predominantemente por homens contribuíram (e ainda contribuem) para colocar as mulheres em posição subalterna. E a autora faz isso usando a própria ciência. Lançando luz sobre pesquisas mais atuais (e feitas por mulheres), Angela reúne dados bibliográficos em grande quantidade e refuta décadas de pesquisas enviesadas nas mais diversas áreas. Além do conteúdo imperdível, Inferior é o Car*lho conta com lindo projeto artístico assinado pela Darkside, editora conhecida por seu trabalho gráfico excepcional. 

Guacira Lopes Louro

Resultado de imagem para Guacira Lopes Louro

Livro que indicamos: Um Corpo Estranho

Quer ler sobre gênero, feminilidades e conhecer conceitos da teoria queer? Guacira Louro, além de ser uma grande pesquisadora brasileira, é uma autora extremamente didática. Ela consegue esmiuçar conceitos dificílimos trabalhados por outras autoras como Judith Butler e entregá-los para os leitores de maneira leve, como se fosse uma conversa entre amigas. Super indicamos a leitura para quem quer começar a ter familiaridade com esse assunto. 

Nana Queiroz 

Resultado de imagem para Nana Queiroz

Livro que indicamos: Presos que menstruam

No livro indicado, Nana consegue pegar o estilo informativo próprio de uma matéria jornalística e costurá-lo com sensibilidade e empatia pelas histórias que estão sendo contadas ali. Ela traz dados e, principalmente, críticas sobre uma realidade que afeta tantas famílias de maneira didática e sem rodeios. É um livro essencial e, como consta na orelha, o mais completo e minucioso panorama da vida de presidiárias brasileiras.

Café da manhã – Especial Mês das Mulheres

A Livraria Vanguarda Pelotas estará realizando mais uma edição do seu café da manhã e nesse mês em que comemoramos o dia da Mulher não poderíamos deixar de homenageá-las.

As mulheres se fazem presente em todos os momentos de nossas vidas sempre batalhando pelos seus direitos e objetivos.

Esperamos você! Para saborearem um bom café, aproveitar as promoções, sorteios, brindes e muito mais.

Conheça os apoiadores desse evento:

  • SENAC
    (53) 3225-8889
  • ÁREA VIP
     (53) 3025-5140
  • USO INDICADO
    (53) 3227-2202
  • UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS
    (53) 2128-8243
  • ATELIÊ DA SOBRANCELHA
    (53) 981335098
  • MAGRASS
    (53) 3342-0009
  • EDITORA ROCCO
    (21) 3525-2000
  • CAFÉ ARMAZÉM
    (53) 3307-5091
  • O BOTICÁRIO SHOPPING PELOTAS
    (53) 3026-4473
  • EDITORA LUZ DA SERRA
    (54) 3281-4399

Agatha Chistie – #LeiaMulheres

Resultado de imagem para agatha christie
Agatha Christie

No dia 15 de Fevereiro (Sábado) a partir das 15hs, a Livraria Vanguarda do Shopping Pelotas estará cedendo o seu espaço para a realização do Evento Leia Mulheres. Este projeto é inspirado na proposta da autora Joanna Walsh, que consiste em promover debates sobre livros escritos por autoras e valorizar o mercado editorial feminino. 

O projeto encontra-se espalhado por todo o Brasil e desde 2018 é realizado aqui em Pelotas. Este será o primeiro ano que o evento ocorrerá dentro de uma livraria- em especial na Livraria Vanguarda – tendo como organizadoras Viviane Martini e Caroline Ramos.

A obra escolhida para este primeiro encontro é O Assassinato do Expresso Oriente da autora Agatha Christie e convidamos o nosso parceiro @resenhinhas para dar uma palinha sobre a autora. Confira abaixo o post lançado pelo igliterário:


ESPECIAL DAMA DO CRIME🔎

Por @resenhinhas

Sherlock Holmes pode até ser o detetive mais famoso da ficção, mas foi Agatha Christie quem realmente popularizou os romances detetivescos. De acordo com a Variety, ela escreveu 69 romances policiais, 19 peças para o teatro e vendeu mais de 4 bilhões de livros (pra ter uma ideia, só a Bíblia e Shakespeare têm mais exemplares). Não é pouca coisa não!

O primeiro livro da Agatha foi publicado lááá em 1920 e introduziu o personagem mais icônico da autora: Hercule Poirot, um detetive belga que gostava de resolver mistérios apenas usando o poder de suas “pequenas células cinzentas”. Poirot é diferente de Holmes: menos voltado à ação, despreza o tipo de detetive que vasculha pegadas e sabe todos os diferentes tipos de tabaco – olha a alfinetada entre autores aí – e afirma poder resolver qualquer caso a partir de sua poltrona.

Resultado de imagem para o misterioso caso de styles
Primeiro romance detetivesco da Agatha Christie publicado em 1920.

O apelo de Poirot aos leitores de romances policiais é óbvio. Solucionar casos difíceis sentado em uma poltrona é exatamente o que todo leitor-detetive tenta fazer. Inclusive, essa é uma das partes mais bacanas de todos os livros da Agatha: tentar descobrir o(a) culpado(a). E nisso a autora é bem eclética: esposas, maridos, jovens, velhos e até crianças… Todos são algozes em alguma de suas obras! Tem até assassinato cometido em grupo…

Menção honrosa para outros personagens icônicos da autora, como Miss Marple, uma velhinha simpática que resolve crimes, o casal Tommy e Tuppence, uma das duplas mais engraçadas da literatura, Parker Pyne, misto de detetive e anjo da guarda, e até mesmo o misterioso sr. Quin, personagem que não tem esse apelido à toa.

A Luna também curte a Dama do Crime.
Foto do post original no Instagram do @resenhinhas ❤

Confirme a sua presença no evento e adquira o seu exemplar clicando na foto abaixo.

Quais os benefícios da leitura?

🧠

 Protege o cérebro
Diminui os riscos do Mal de Alzheimer. 

🤹‍♀️

 Exercita a mente
Ativa diferentes circuitos neurais, estimulando o cérebro.

🎓

 Aprendizagem
Aumenta o conhecimento, melhora a memória, o foco, a leitura e o vocabulário.

🤯

 Reduz o estresse
É relaxante pois alivia o estresse do dia-a-dia e a pressão.

🌸

 Empatia
Os livros de literatura auxiliam a entender melhor o que os outros estão pensando e sentindo.

📖

 Entretenimento
É uma ótima forma de entretenimento pois a leitura desconhece a solidão.

Lançamento Oficial do Livro Ilustrado do Luccas Neto

A Livraria Vanguarda em parceria com a Editora Ediouro está promovendo o Lançamento Oficial do Livro Ilustrado do Luccas Neto. Nos dia 01/02/20 das 15hs às 17hs nossas lojas estarão preparadas para receber você para passar essa tarde com a gente, trocar figurinhas repetidas com seus amigos e participar da nossa Oficina de Pintura.

Venha curtir essa tarde com a gente!
Livraria Vanguarda

7 Dicas para ler mais em 2020

Por @resenhinhas

Foto: @resenhinhas

1) Leia livros com capítulos curtos

Sentir que está progredindo é um incentivo poderoso para devorar o livro. É por isso que obras com capítulos curtinhos fluem muito bem! A gente indica compilados de contos de autores como Edgar Allan Poe, Eduardo Galeano e Machado de Assis.

2) Tenha metas que te incentivem

No início é bom ter metas, mas elas não podem se tornar um sufoco. E, nessa hora, cada um funciona de um jeito: metas de páginas/dia, livros no ano, autores para conhecer… o ideal é experimentar e ver o que se encaixa melhor na rotina.

3) Encare como entretenimento 

Sabe aquela sensação de parar pra assistir a sua série favorita? A leitura também precisa entrar na sua vida como uma forma de entretenimento para ser prazerosa. E aí, quando isso acontecer, você vai ler capítulo depois de capítulo como se estivesse maratonando um seriado.

4) Leia junto com outras pessoas 

Não é à toa que clubes de leitura são populares há séculos! Ler e trocar experiências com outras pessoas é um jeito de expandir a sua compreensão da obra. E o clube não precisa ser físico, ok? Tem gente discutindo livros no Instagram, WhatsApp, Facebook…

5) Use aplicativos de leitura

Celular e livros podem combinar! Apps como o Cabeceira da TAG Livros te deixam anotar obras lidas, desejadas, abandonadas etc. O app também calcula quanto tempo você vai levar para terminar de ler! É ótimo para os que adoram estar sempre conectados.

6) Carregue sempre um livro com você 

Às vezes a gente fica esperando. Pode ser no ônibus, no dentista, no banco. Por isso, tenha sempre um livro à mão, como um amuleto contra o tédio. Fazer isso vai ajudar (e muito!) a incluir o hábito da leitura na sua rotina.

7) Não sabe qual livro escolher? Vá a uma livraria

Não sabe por onde começar? Vendedores de livros são pessoas que literalmente trabalham indicando leituras! Eles terão excelentes dicas para te mostrar autores e obras que vão prender sua atenção e te deixar querendo ler mais e mais.

Essas foram nossas dicas, pessoal. Por fim, queremos reforçar mais uma vez: leitura não é obrigação, muito menos competição! Por isso, leia o que quiser, se quiser e quando quiser! 

Leia Mulheres – Vanguarda

O Leia Mulheres é um projeto inspirado na proposta da autora Joanna Walsh, #readwomen2014 (#leiamulheres2014), que consistia em ler mais escritoras mulheres.

Em 2015, Juliana Gomes convidou as amigas Juliana Leuenroth e Michelle Henriques para transformarem a ideia de Joanna, em algo presencial em livrarias e espaços culturais. Um convite a leitura de obras escritas por mulheres, de clássicas a contemporâneas.

A ideia do projeto, é então basicamente espalhar as mais diversas leituras de autorias femininas, promovendo debates sobre os livros e buscando valorizar o mercado editorial feminino, uma vez que ainda se encontra com pouca valorização e pouca visibilidade.

O projeto, se encontra espalhado por todo o Brasil, dividido em clubes de vários estados.

Esse ano, o Leia Mulheres vai ser realizado na Livraria Vanguarda Shopping Pelotas.

Nada melhor do que falar sobre livros dentro de uma livraria, não é mesmo?

Por isso, convidamos você para participar do nosso primeiro encontro, que ocorrerá dia 15/02 às 15h na Vanguarda Shopping Pelotas.

O livro escolhido para esse encontro é: Assassinato no expresso oriente, da autora Agatha Christie.

E nós, da Livraria Vanguarda, estamos dando 10% de desconto nesse livro, para as clientes que adquirirem ele e participarem do evento.

Participe, esperamos por você!

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora